Potencialize a sua estratégia digital

Solicitar orçamento agora

E-mail Marketing na comunicação eficaz entre marca e público

O e-mail marketing é uma excelente ferramenta utilizada para aprimorar a comunicação entre uma determinada marca e o seu público. Através dele, conseguimos direcionar uma comunicação personalizado para nossos leads e segmentar o tipo de conteúdo certo para cada usuário.

É amplamente utilizado como estratégia de marketing digital e potencializa a relação com os prospects. Para entender como é o começo de um processo de marketing digital, sugiro que leia este post antes de continuar:

O marketing por e-mail já foi considerado uma forma ineficaz e de resultados contraditórios. Isso aconteceu porque os métodos adotados no envio de e-mails eram completamente importunos e sem planejamento.

Não se estabelecia uma diretriz de conteúdo e segmentação de público, e muitas mensagens acabavam sendo consideradas spam. O e-mail marketing era disparado sem critérios, tendo como base uma lista pré-definida de contatos.

No entanto, essa estratégia ainda rende bons frutos e não deve ser ignorada por empresas que apostam no marketing digital. Os e-mails podem ser enviados com um teor primeiramente informativo, que entregam relevância ao público – Newsletter.  Ou, podem ser disparados com sugestões de ofertas, catálogo de novos produtos com link para compras, etc.

A forma como o e-mail marketing deve ser gerenciado dependerá do tipo de contato e como ele chegou até a sua lista. Cada pessoa pode cadastrar seu nome ou e-mail com uma finalidade diferente. Tem usuário que se interessa em baixar apenas um catálogo de produtos, e existem outros que já se mostram interessados em converter na compra desse produto.

Nesse sentido, é importante elaborar estratégias diferentes para cada público. Um cliente que ainda não demonstrou interesse de compra, necessita de uma comunicação diferente. Precisa antes ser educado com conteúdo relevante e que agregue valor.

Vamos entender melhor como isso funciona.

O que é e-mail marketing?

O e-mail marketing é a forma de se estabelecer uma comunicação personalizada com o seu cliente. É a maneira convencional de entregar informação, ou oferta de produtos, em um contexto pessoal.

O marketing por e-mails as vezes é confundido como uma comunicação em massa. Esse é justamente o fator que tem depreciado o uso do e-mail para estratégias de marketing. É importante ressaltar que o e-mail marketing tem o intuito de entregar informações individualizadas e que sejam do interesse do usuário.

O e-mail marketing é a forma de se estabelecer uma comunicação personalizada com o seu cliente.
O e-mail marketing é a forma de se estabelecer uma comunicação personalizada com o seu cliente.

Além disso, existe o critério de como o contato de uma pessoa foi parar na lista de inscritos. Uma lista de e-mails (leads) pode ser composta para finalidades diferentes. O internauta pode ter informado o seu nome e e-mail para ter acesso a um tipo de conteúdo exclusivo.

Por isso, ao disparar um e-mail para esse contato é preciso entender bem em que parte da comunicação ele se encontra. Nesse caso, esse contato tem um interesse maior em conteúdo relevante e elucidativo.

A partir dessa relação, podem ser enviados e-mails periódicos com teor explicativo, os chamados Newsletter. De tempos em tempo, de acordo com uma estratégia bem definida, serão enviados e-mails específicos, no intuito de gerar engajamento.

Porém, podem aparecer na lista usuários que já realizaram uma compra, por exemplo, e no formulário, informaram nome, e-mail, endereço etc. Nesse caso, o e-mail marketing pode ser utilizado para gerar uma comunicação de pós-venda.

Uma lista de leads pode ser construída para diversas finalidades. É de extrema importância filtrar os contatos por tipo de interesse. E assim, segmentar o tipo de informação correta para cada base. Esse é o segredo do sucesso do e-mail marketing.

Estratégias mau planejadas acabam por difamar não só o marketing por e-mail, mas qualquer técnica de posicionamento de marca.

A fama de que as estratégias de e-mail marketing não funcionam é fruto de campanhas mau planejadas

Houve uma época em que o envio de e-mails para lista de contatos eram feitos em um formato de mala-direta. Ou seja, estabelecia-se um tipo de conteúdo, e esse conteúdo era replicado para diversas pessoas.

Em muitos casos, o conteúdo que era espalhado não continha nenhuma relevância para quem o recebia. Dessa forma, os e-mails eram encaminhados para a caixa de spam e eram tidos como indesejados – bloqueados.

A partir dessa prática, chegou a se falar da morte do e-mail como estratégia de marketing. Que a publicidade e marketing por e-mail eram obsoletos e não resultavam em bons negócios. Além disso, o e-mail era algo muito pessoal e não continha qualquer relação com posicionamento de marca.

Contudo, a opinião de que o e-mail marketing não era funcional estava baseada em estratégias mau direcionadas. O envio de conteúdo sem critério e segmentação, fez com que a imagem do e-mail fosse precocemente depreciada.

Qualquer forma de marketing digital sem o critério adequado não resulta em números. Tudo está ligado a uma tática, onde cada parte precisa de outra para que a estratégia seja eficiente. Caso contrário, qualquer medida será estéril. Não trará resultados, tampouco irá agregar valor à marca.

O e-mail marketing contém um potencial de comunicação muito efetivo. Quando bem utilizado, consegue trazer um engajamento positivo entre marca e consumidor. Lojas virtuais utilizam muito bem essa estratégia para manter seus clientes sempre por perto.

É recomendável planejar bem os métodos de envio, e a lista de usuários por interesses específicos, antes de iniciar o disparo dos e-mails. Isso evita que consumidores ainda não preparados, recebam conteúdos para o qual ainda não foram instruídos.

Usando a tática correta, é possível comprovar que o e-mail marketing ainda é eficiente. Os resultados obtidos com essa comunicação são duradouros e proveitosos.

As estratégias de marketing por e-mail não morreram

O uso do e-mail marketing para a comunicação com o público está longe de acabar. A técnica tem se mostrado ainda muito eficiente e proveitosa. Quando feita da maneira correta, alinhando o tipo de comunicação para cada público específico, os resultados são bastante positivos.

O envio de e-mails pode ser utilizado para várias finalidades. Em todas elas, é necessário planejar bem quem é o alvo a receber determinada mensagem ou não. Além disso, é preciso analisar bem o estágio de interação de cada contato da sua lista.

Essa postura diminui o risco de as mensagens serem interpretadas de maneira intrusiva. Afinal de contas, ninguém gosta de ficar com a caixa de entrada cheia de mensagens sem contexto. Organização e direcionamento são as palavras que melhor definem o uso do e-mail marketing.

Fazer marketing por e-mail tem trazido muita vantagem competitiva para vários segmentos de marcado. A técnica consegue cativar o público, tornando-os verdadeiros seguidores da marca e fieis no consumo de produtos ou conteúdo.

Fazer marketing por e-mail tem trazido muita vantagem competitiva para vários segmentos de marcado
Fazer marketing por e-mail tem trazido muita vantagem competitiva para vários segmentos de marcado

Como em qualquer aplicação de marketing digital, a comunicação com os consumidores precisa ser autentica e transmitir empatia. Com o e-mail marketing essa premissa se aplica em todas as nuances. Tenha o objetivo de ajudar e encantar o destinatário das suas mensagens.

No processo de contato por e-mail, a primeira coisa a se destacar é o tipo de relação estabelecida. Tem sido de grande valia a interação por Newsletter para um contexto informativo e de aproximação com o público. Da mesma forma, em um estágio onde o cliente já realizou uma compra, o envio de e-mails com sugestões de outros produtos ajuda muito.

Comunicação através de e-mails: E-mail marketing / Newsletter

A comunicação por e-mail marketing pode acontecer de 2 formas. Como já foi mencionado anteriormente, temos o tipo de e-mail informativo, onde o usuário cadastrado recebe uma news informativa. Por outro lado, temos o e-mail que geralmente é enviado com oferta de produtos, catálogo de promoções etc.

Você pode estar se perguntando: por qual desses processos devo começar minha estratégia? Na verdade, não se trata de escolher um ou outro e começar a enviar e-mails para uma determinada lista.

Para que a estratégia seja eficaz e não frustrante, busque compreender a necessidade das pessoas que visitam o seu site. Essas pessoas, com certeza, estão ali para saber mais sobre um determinado produto, ou obter uma informação relevante para uma dúvida.

Com isso, é fundamental elaborar meios de obter o contato dessas pessoas para uma comunicação mais próxima do que ela necessita. Talvez um internauta acesse a sua página com interesse pelo seu conteúdo e assine a newsletter.

Uma lista de newsletter geralmente é utilizada para entregar sugestão de novidades. Isto é, sempre que houver algo novo acerca do assunto que despertou o interesse do usuário, envie um e-mail para informar essa novidade. O interessante é enviar um e-mail com mais de uma opção de conteúdo.

Já com o e-mail marketing, a estratégia é mais focada em despertar um interesse de compra, download de produtos ou conversão imediata. Essa tática é amplamente utilizada em lista de contatos de lojas. Também pode ser usada para criar um vínculo de pós-venda com um cliente.

Aliás, usar o e-mail marketing para cativar um cliente pode fazer com que ele tenha o interesse em adquirir outro produto de forma bastante natural. Estratégias de marketing por e-mail precisam, antes de tudo, serem cativantes e de comunicação transparente.

Envie um conteúdo personalizado para cada tipo de contato na lista

Uma campanha bem-sucedida de e-mail marketing deriva de muitas coisas. Mas a principal delas é entregar o tipo de conteúdo que o usuário quer receber. Isso envolve direcionar os contatos da lista por tipo de interesse e situação.

Saber se o usuário cadastrado deve receber uma newsletter ou um e-mail marketing vai depender do tipo de interesse e como ele chegou à sua lista. Não é porque um determinado e-mail foi colhido em um formulário no site que ele precisa receber qualquer tipo de e-mail marketing.

O e-mail é um tipo de contato muito pessoal. Por isso, as pessoas não querem ser bombardeadas com qualquer tipo de informação, que não agrega nenhum valor para o interesse delas. O correto é segmentar a informação por tipo de interesse.

Além disso, um e-mail marketing, ou newsletter, precisa ser atrativo.

O assunto do e-mail é outro aspecto que precisa ser bem trabalhado. É através do assunto do e-mail que o internauta tem, ou não, o interesse em abri-lo. Tente ao máximo explicar o contexto da mensagem no assunto.

Outro fator importante na elaboração de e-mails marketing é remeter um nome pessoal ao destinatário da mensagem. Enviar uma mensagem com nome real ajuda na aproximação entre marca e consumidor e traz mais engajamento para o conteúdo proposto.

O conteúdo da mensagem, por sua vez, precisa ser personalizado. Conteúdo próprio e direcionado aumentam as chances de criar uma empatia com o público. Mas nunca utilize lista de e-mails compradas, ou vinda de outros segmentos.

Saber se o usuário cadastrado deve receber uma newsletter ou um e-mail marketing vai depender do tipo de interesse e como ele chegou à sua lista
Saber se o usuário cadastrado deve receber uma newsletter ou um e-mail marketing vai depender do tipo de interesse e como ele chegou à sua lista

Boas práticas para campanhas de e-mail marketing

O sucesso de uma boa campanha de e-mail marketing advém de muita estratégia. Além de observar o interesse do usuário, para direcionar o tipo de conteúdo certo, outros critérios também são de extrema importância.

Limite o assunto dos e-mails em no máximo 50 caracteres

Procure manter uma coerência no assunto do e-mail enviado. Seja uma newsletter, ou um e-mail direcionado para vendas, limite o assunto da mensagem em até 50 caracteres. Essa prática ajuda a ser mais objetivo na mensagem e atrai de forma mais direta a atenção do público.

O assunto da mensagem deve comunicar o contexto do corpo do e-mail de forma bastante clara. Assim, as chances de o e-mail ser aberto e lido são grandes. Desenvolva um texto atraente e que desperte o interesse imediato do usuário em abri-lo.

Evite o uso de palavras clichê, como: clique aqui, grátis – free, promoção, etc

Já no corpo do e-mail, evite usar palavras estereotipadas e comuns. Alguns softwares leitores de e-mail costumam caracterizar essas mensagens como um spam. Busque autenticidade nas mensagens e um texto mais direcionado nos links e botões de ação.

Crie uma mensagem fácil de ler e que expresse imediatamente o seu objetivo. Para chamadas de ação, como clique em botões ou links, escolha um texto que demonstre o que o internauta vai encontrar se clicar ali.

Pondere o uso excessivo de símbolos gráficos (??, !!, ;))

O uso excessivo de símbolos, como interrogação, exclamação, ponto-vírgula etc, também atrapalham na credibilidade das mensagens. Eles, quando presentes em excesso, transmitem à mensagem um sentido de trivialidade.

Não use a cor vermelha nas CTA’s (Call To Action)

Não que seja uma regra, mas a cor vermelha pode passar um sentido de apelação. Aplicar essa cor aos botões de ação não é indicado, porque pode impactar na estratégia do e-mail marketing. Experimente outras cores, como o verde, por exemplo.

Colocar o assunto em caixa alta pode transparecer arrogância ou intrusão

Outro fator que expressa o sentido de apelação é usar caixa alta no assunto da mensagem. Não faça isso se quiser causa uma boa primeira impressão. Seja cortês na abordagem da mensagem.

Conclusão

O e-mail marketing contém ainda um grande potencial estratégico na comunicação entre marca e consumidor. É amplamente utilizado para aproximar a relação de contato com o público, no intuito de fidelizar e criar engajamento com a marca.

Contudo, essa técnica precisa ser bem gerenciada para que os resultados fiquem dentro do esperado. Caso contrário, o contato acaba por se tornar invasivo e sem fundamento, o que, certamente, trará uma imagem negativa para o empreendimento.

Se interessou pelo assunto? Quer entender como isso funciona na prática?

Solicite um orçamento agora!

Continue agregando conhecimento. Leia mais sobre este tema.